História dos Povos da Antiguidade

23 de mai de 2009

Os Jardins Suspensos da Babilônia

Lendários Jardins que ficavam na cidade da Babilônia.

Os Jardins Suspensos da Babilônia foi construído no reinado de Nabucodonosor.

Os jardins foram feitos para agradar uma das esposas do rei babilônico. Após mudar-se para a Babilônia a rainha Amytis começou a sentir saudade de sua terra natal, a Media.

As Sete Maravilhas do Mundo Antigo
Foi ai então que para a agradar a sua concubina, o rei Nabucodonosor mandou construir por volta de 600 a.C., grandiosos jardins, o mais parecido possível daquele em que sua amada vivia quando era criança.

Outra história atribui a autoria da construção dos jardins a Semiramis, rainha da Babilônia entre 810 a.C a 783 a.C.

Um historiador grego da época, Diodorus, descreveu que os jardins ficavam em grandes lajes situados de 80 até 150 pés de altura.

A maioria dos gregos que descreveram os jardins suspensos da Babilônia nunca estiveram na Mesopotâmia.

Alguns estudiosos do assunto acreditam que os jardins suspensos, uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo, é na verdade fruto da imaginação grega. Quando os soldados de Alexandre, o Grande, voltaram a Macedônia, espalharam a noticia da existência de maravilhosos jardins que enfeitavam o palácio de Nabucodonosor. Os gregos de tanto ouvirem essas histórias das maravilhas que o Oriente possuía, acreditaram que realmente os jardins suspensos existiam.

No início do século XX, uma expedição arqueológica comandada pelo professor alemão Robert Koldewey, escavou as ruínas da antiga Babilônia.

Durante as escavações foram encontrados inúmeros documentos inscritos em placas de argila, mas nenhum deles cita o jardins suspensos. Dias depois foi encontrado também uma sala com três grandes buracos no chão.

Baseado nos relatos do historiador da época, Diodorus, o professor Koldewey concluiu que os tais buracos eram os lugares onde passava os grandes baldes da engenhoca que transportava a agua do rio até ao topo do jardim.

Hoje, a antiga cidade da Babilônia foi reconstruída. Nas inscrições onde ficavam os nomes dos antigos reis babilônicos, abriga o nome do seu ultimo soberano, o ex-ditador do Iraque, Saddan Hussein.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras para comentários:

Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
publicamos somente os comentários que tenham relação com o assunto da postagem.

Parcerias, Dicas e Sugestões entrar em Contato pelo Email: civilizacaoantiga@hotmail.com

Civilização Antiga © Copyright - Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização prévia. Só é permitida a reprodução para fins de pesquisas e trabalhos escolares.

Plágio é crime (Artigo 29 Lei 9.610/98)